Uncategorized

Churrascão da “gente diferenciada”

No 1º semestre de 2011 o governo de São Paulo decidir não construir uma estação de metrô na região do Higienópolis por causa de blá blá blá e blá blá blá, ou seja, os moradores da região se opuseram ao feito e o governo acatou a decisão. Em meio ao falatório uma certa psicóloga utilizou o termo “gente diferenciada” para se referir a população que essa obra do metro traria para a região, a mesma não teve coragem de assumir o que disse e alega um erro do jornalista e por aí vai…vai… vai se f#*e no cálice de ouro então… mas o mundo da voltas.

Total demonstração de egoísmo, preconceito e ignorância por parte dessa sujeitinha e de outros moradores que acham que são mais que alguém por causa da merda do dinheiro.


Bom… só sei que o termo originou alguns movimentos populares e abaixo segue algumas imagens do evento ocorrido na região da cracolândia no centro de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *